Postagem em destaque

Taurus vence na Justiça mais uma ação que alegava problemas em seus armamentos

* LRCA Defense Consulting - 02/07/2020 Esta semana foi proferida sentença que julgou totalmente improcedente a ação civil pública proposta e...

14/11/2019

Flagramos o protótipo da nova submetralhadora compacta da Taurus Armas!

http://tecnodefesa.com.br/flagramos-o-prototipo-da-nova-submetralhadora-compacta-da-taurus-armas/?fbclid=IwAR0FIt2LmOZs4xWcrfmDe0h6WM2sgpZGQzCjb-87WXZ6csUSgktLZnvddz8


Tecnodefesa - 14/11/2019

A Taurus está trabalhando em uma nova submetralhadora aparentemente em calibre 9 mm, de design completamente novo, e versões do seu fuzil T-4 no calibre .300 Blackout (BLK) com acabamento em Cerakote*, apresentando novas coronhas ergonômicas e placas do guarda mão táticas com trilhos picattiny integrados, em duas diferentes configurações de canos.

Flagradas nas ações de 80 anos da empresa (quando era proibido inclusive fotografar os protótipos) as novas armas chamaram bastante a atenção, especialmente a submetralhadora, compacta e com pistol grip estilo T-4 mais uma coronha bifilar retrátil em material plástico reforçado.

A parte superior da nova submetralhadora é bem reta, com trilhos picattiny incorporando massa e alça de mira compatível.

O cano do protótipo fotografado é pequeno, evidenciando a compacidade do projeto.

Travas/seletor de tiro, o retém de carregador e a alavanca de manejo estão do lado direito da nova submetralhadora.

Não se sabe a capacidade dos carregadores já que não obtivemos fotos do protótipo municiado.

A julgar pelo tamanho e disposição da janela de ejeção, a nova sub foi construída no calibre 9 mm ou em .40, mas isso é uma especulação, já que não obtivemos qualquer informação da Taurus, que preferiu não se pronunciar sobre as fotos.

http://tecnodefesa.com.br/flagramos-o-prototipo-da-nova-submetralhadora-compacta-da-taurus-armas/?fbclid=IwAR0FIt2LmOZs4xWcrfmDe0h6WM2sgpZGQzCjb-87WXZ6csUSgktLZnvddz8

*Cerakote é um revestimento de polímero + cerâmica. Pode ser aplicado em metais, em plásticos, polímeros e madeiras. A formulação exclusiva usada para o revestimento cerâmico aprimora várias propriedades de desempenho físico, incluindo resistência à abrasão/desgaste, resistência à corrosão, resistência química, resistência ao impacto e dureza. Os revestimentos cerâmicos utilizam tecnologia de ponta para superar qualquer revestimento competitivo em ambientes exigentes e aplicações do mundo real.

Veja mais fotos dos protótipos na matéria original em Tecnodefesa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será submetido ao Administrador.