Pesquisar este portal

junho 10, 2020

Motores WEG equipam estações de bombeamento na Arábia Saudita




A WEG S.A. anuncia que vai fornecer 24 motores de média tensão para a estação de bombeamento da SWCC (Saline Water Conversion Corporation), Corporação Governamental que opera usinas de dessalinização e centrais elétricas na Arábia Saudita.

De acordo com Elder Stringari, Diretor Internacional da WEG, este contrato comprova que a Companhia está preparada para atender o mercado de água e saneamento globalmente. “Mais uma vez a WEG se consolida como uma importante referência para sistemas de transmissão de água na Arábia Saudita, sendo um fornecedor confiável para o SWCC. Além de oferecer uma estrutura global com experiência e know-how para produzir soluções eficientes, garantimos a redução dos gastos operacionais dos nossos clientes”, afirma.

Os motores WEG, modelos MGW e W60, serão instalados nas várias estações de bombeamento localizadas na cidade industrial de Yanbu, costa oeste da Arábia Saudita, e vão auxiliar no bombeamento e transporte de água até a cidade de Medina, região que apresenta grande crescimento populacional e consequentemente uma crescente demanda por água.

O fornecimento faz parte da 3ª e da 4ª fase do projeto YMWTS - Yanbu to Medinah Water Transmission System, sistema de transmissão de água criado nos anos 80 para levar até Medina a água da primeira planta de dessalinização construída em Yanbu, em 1981. Expansões e reforços deste sistema foram implementados conforme novas plantas de dessalinização foram construídas.

A Fase 4 do projeto tem como objetivo aumentar a capacidade do abastecimento de água para Medina e região, visto que 3 novas plantas entrarão em funcionamento em uma janela de tempo de quatro anos, Yanbu 3 (2020), Yanbu RO2 (2021) e Yanbu 4 (2023), fato que vai solicitar ao sistema de transmissão uma capacidade adicional de 1.250.000 metros cúbicos de água por dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será submetido ao Administrador. Não serão publicados comentários ofensivos ou que visem desabonar a imagem das empresas (críticas destrutivas).

Postagem em destaque