Pesquisar este portal

julho 03, 2020

WEG desenvolve sistema elétrico submarino em parceria com a TechnipFMC



A WEG desenvolveu em conjunto com a TechnipFMC (TFMC), líder global em tecnologias submarinas, onshore, offshore e de superfície, uma solução capaz de reduzir em até 60% o custo total e eliminar a necessidade de expansão nas unidades estacionárias de produção em projetos brownfield.

Esta solução, composta por unidades modulares produzidas pela TFMC,  inclui transformadores e inversores de frequencia submarinos projetados pela WEG com base em tecnologias maduras e amplamente testadas, bem como motores elétricos submarinos projetados pela TFMC e produzidos pela WEG.

Capaz de operar em profundidades de até 3.000 metros (10.000 pés) os equipamentos WEG foram desenvolvidos através de adaptações de tecnologias já existentes, testadas e consagradas em diversas aplicações terrestres. Dessa maneira foi possivel garantir a confiabilidade e reduzir custo de desenvolvimento. Com formato modular, cada aplicação, dependendo de sua potência, pode ter múltiplos inversores de frequencia em paralelo, o que possibilita intervenções individuais por meio de embarcações de apoio de pequeno porte oferecendo reduções de custos adicionais e maior disponibilidade.

“Há quatro anos estamos trabalhando neste projeto com a TechnipFMC e chegar ao resultado esperado não só nos enche de orgulho, como também comprova nossa capacidade tecnológica e de operação em projetos complexos do segmento de oil & gas”, comenta Elder Stringari, Diretor Internacional da WEG.

O sucesso do sistema elétrico submarino foi reconhecido internacionalmente pela organização da Offshore Technology Conference (OTC),  em Houston, que recentemente concedeu a TechnipFMC o Prêmio OTC Spotlight on New Technology, que destaca as tecnologias inovadoras que estão revolucionando o setor offshore.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será submetido ao Administrador. Não serão publicados comentários ofensivos ou que visem desabonar a imagem das empresas (críticas destrutivas).

Postagem em destaque