Pesquisar este portal

quinta-feira, outubro 14, 2021

Nióbio: nova empresa da Randon viabilizará inovação inédita no mercado mundial

A solução potencializa as características de outros materiais, conferindo maior durabilidade e resistência mecânica, alterando de forma significativa suas propriedades físico-químicas.

Randon Tech Solutions (RAPT4) Adquire Empresa de Automação


*LRCA Defense Consulting - 14/10/2021

Na vanguarda de pesquisas e projetos envolvendo inovação, com foco em novas tecnologias e em iniciativas sustentáveis, as Empresas Randon, destacando-se a Fras-le e o Centro Tecnológico Randon – CTR, dão mais um passo para o futuro e apresentam sua mais recente solução.

Trata-se da descoberta de um novo método para obtenção de nanopartículas de nióbio em larga escala. A inovação é inédita no mercado mundial e chega com o propósito de gerar novas oportunidades para diferentes setores da indústria de transformação.

A partir de estudo científico realizado pelo Centro Tecnológico Randon – CTR e pelo Instituto Hercílio Randon - IHR, o processo de obtenção da nanopartícula está apto para ser aplicado. A solução potencializa as características de outros materiais, conferindo maior durabilidade e resistência mecânica, alterando de forma significativa suas propriedades físico-químicas. Além disso, utiliza métodos amigáveis ao meio ambiente, contribuindo para um processo sustentável.

“Após a conclusão de intensos estudos técnicos e experimentações, a aplicabilidade dessa inovação é agora conhecida pelo mercado. É uma tecnologia nacional, com patente requerida pela Fras-le e com potencial de aplicação em escala global”, salienta o vice-presidente executivo e COO das Empresas Randon e CEO da Fras-le, Sérgio L. Carvalho.


Para ampliar as pesquisas e expandir as aplicações dessa nova tecnologia, será constituída uma nova unidade pelas Empresas Randon, com estrutura, equipes e recursos próprios. Inicialmente está prevista a aplicação na indústria automotiva, podendo ser estendida para outros segmentos industriais.

“Estamos orgulhosos e satisfeitos com o trabalho conduzido de maneira inédita por nossas equipes. Essa inovação comprova a importância de seguirmos investindo em pesquisa e desenvolvimento, movimento que estamos fazendo de forma estratégica nas Empresas Randon. Além disso, a solução está alinhada com o nosso foco em ESG e com a nossa preocupação de seguir os negócios de maneira sustentável. Estamos celebrando uma nova fase para a indústria nacional e internacional”, reforça o CEO das Empresas Randon, Daniel Randon.

Instituto Hercílio Randon (IHR): nova fase no desenvolvimento de pesquisas disruptivas
O Instituto Hercílio Randon (IHR), associação sem fins lucrativos que tem as Empresas Randon como apoiadoras, apresenta ao mercado um novo momento no desenvolvimento das suas iniciativas, focado em ciência e tecnologia. Nesta nova fase, a instituição busca se tornar a principal organização, mantida pela iniciativa privada, responsável por pesquisas disruptivas nas áreas de Mobilidade, Eletrônica Embarcada e Materiais.

Atualmente, o IHR concentra suas atividades no desenvolvimento de 35 projetos de novas tecnologias e soluções. “Com esse movimento, alinhamos os objetivos da entidade com o constante avanço tecnológico do setor automotivo. Estruturamos uma metodologia própria de trabalho e estamos criando as conexões necessárias para termos a agilidade e a precisão que se espera de um instituto de ciência e tecnologia”, destaca o diretor Administrativo do Instituto Hercílio Randon, Fábio Makita.

Joel Boaretto e Fábio Makita lideram o Instituto de Ciências e Tecnologia mantido pela Randon

O IHR conta com equipe própria de pesquisadores e técnicos, dedicados ao estudo de temas complexos e a execução dos projetos de pesquisa. Também estão sendo estabelecidas importantes alianças estratégicas com outros institutos, universidades e com empresas do setor.

Dessa forma, o Instituto Hercílio Randon almeja se tornar um grande centro de desenvolvimento para tecnologias disruptivas. “Essas articulações construídas com os ecossistemas de pesquisa e inovação, que envolvem instituições de ensino, entidades públicas, privadas e startups, nos possibilitam atuar como uma ‘plataforma de conexão’ para diversas iniciativas”, projeta o diretor técnico do IHR, Joel Boaretto.

Nas áreas de interesse do Instituto Hercílio Randon, o foco dos projetos pesquisados acompanha as megatendências globais, com estudos que abrangem a eletromobilidade, nanotecnologia, compósitos estruturais, conectividade, sensoriamentos inteligentes, sistemas de propulsão, entre outros.



Instituto Hercílio Randon apresenta nova fase no desenvolvimento de pesquisas disruptivas

Em atuação desde 2014, o Instituto Hercílio Randon foi estruturado, inicialmente, junto ao parque tecnológico da PUCRS, em uma primeira fase de desenvolvimento que durou até 2018. Atualmente o IHR está situado em duas instalações: no Centro Tecnológico Randon (CTR), em Farroupilha, e em um espaço destinado a projetos estratégicos, localizado em prédio próximo à Universidade de Caxias do Sul. Os locais de cocriação e as salas funcionais destinadas ao Instituto acolhem as equipes multidisciplinares de inovação e pesquisa.

Além da diretoria executiva e do time de pesquisadores, bolsistas e técnicos, a instituição conta com conselhos técnico, fiscal e deliberativo, para a definição e acompanhamento das diretrizes estratégicas adotadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será submetido ao Administrador. Não serão publicados comentários ofensivos ou que visem desabonar a imagem das empresas (críticas destrutivas).

Postagem em destaque