Pesquisar este portal

terça-feira, novembro 30, 2021

CBC firma contrato com laboratório independente Techss para serviços de avaliação técnica de Produtos Controlados

Edinei Russi, Diretor da Techss, e Fabio Mazzaro, presidente da CBC

*LRCA Defense Consulting - 30/11/2021

A Companhia Brasileira de Cartuchos (CBC) e a empresa Techss Serviços Especializados, firmaram, no dia 19 de novembro, contrato de serviços de avaliação técnica de Produtos Controlados pelo Exército Brasileiro (PCE).

A Techss atuará como laboratório independente, acreditado pelo INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), para realização de ensaios técnicos de munições e armas portáteis, em conformidade com a Portaria nº 189-EME, de 18 de agosto de 2020, a qual aprovou as Normas Reguladoras dos Processos de Avaliação de PCE e permitiu a certificação de produtos por Organismo de Certificação de Produto (OCP).

Estas medidas possibilitarão mais agilidade nos processos de desenvolvimento e de lançamento de produtos CBC no mercado brasileiro, reduzindo os prazos e aumentando a competitividade da empresa, especialmente frente aos produtos importados, que, até o momento, não possuem a mesma exigência de homologação para serem comercializados no Brasil.

Com o compromisso de oferecer aos consumidores brasileiros um amplo portfólio de produtos voltados à defesa, à segurança, ao esporte e ao lazer, com todo suporte de uma empresa brasileira, a CBC investe constantemente em inovação, pesquisa e desenvolvimento. Desde 2019, a CBC já desenvolveu cerca de 60 novos produtos, entre armas e munições.

Antes de serem disponibilizados ao mercado consumidor, todos os produtos controlados fabricados no Brasil, como munições e armas de fogo, precisavam de homologação do Exército Brasileiro. Mesmo uma simples alteração estética, requeria um novo processo de homologação, o que era prejudicial para o desenvolvimento tecnológico no país.

Somando o alto volume de novos produtos produzidos pela CBC com os das demais empresas do segmento, o número ultrapassou em muito a capacidade de avaliação e certificação do órgão técnico do Exército, causando uma espera de meses ou até anos para a homologação. Essa demora prejudicava as indústrias nacionais e, principalmente, os consumidores brasileiros, pois os produtos que já eram comercializados em outras partes do mundo não podiam ser lançados no Brasil.

Edinei Russi, Diretor da Techss, Fabio Mazzaro, presidente da CBC,
e Paulo Ricardo Gomes, Diretor Comercial & Marketing da CBC

Com o intuito de solucionar essa questão, a CBC, em setembro deste ano, contratou para realizar a homologação de seus produtos a empresa T&A Brasil, um Organismo de Certificação de Produto (OCP) já acreditado no INMETRO e designado pela Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados do Exército Brasileiro. A empresa passou, então, a não necessitar mais submeter seus novos produtos ou modificações em outros já existentes para certificação do Exército Brasileiro, podendo fazê-lo por meio do OCP contratado, cabendo à Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados do Exército (DFPC) apenas a homologação final do processo (apostilamento do produto ao Título de Registro do fabricante) após a aceitação dos certificados de conformidade emitidos pelo OCP.

De acordo com o Diretor Comercial & Marketing da CBC, Paulo Ricardo Gomes, o contrato com a empresa Techss Serviços Especializados irá agregar nesta estratégia da CBC de garantir mais agilidade para o lançamento de produtos no mercado brasileiro, trazendo importantes ganhos no que se refere a pesquisa e desenvolvimento (P&D), inovação e competitividade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será submetido ao Administrador. Não serão publicados comentários ofensivos ou que visem desabonar a imagem das empresas (críticas destrutivas).

Postagem em destaque