Postagem em destaque

Taurus vence na Justiça mais uma ação que alegava problemas em seus armamentos

* LRCA Defense Consulting - 02/07/2020 Esta semana foi proferida sentença que julgou totalmente improcedente a ação civil pública proposta e...

janeiro 31, 2020

Embraer e SkyWest, Inc. assinam contrato para 20 jatos E175



*Defesa - Agência de Notícias - 30/01/2020

A Embraer anunciou hoje (ontem) a assinatura de um contrato com a SkyWest, Inc. (NASDAQ: SKYW) para um pedido firme de 20 jatos E175 configurados com 76 assentos. O pedido tem um valor de USD 972 milhões, com base nos preços de lista da Embraer de 2019, e estará incluso na carteira de pedidos (backlog) do quarto trimestre de 2019. As entregas estão previstas para começar no segundo semestre. 
“A Embraer e a SkyWest mantêm uma parceria marcada por uma longa história de serviço para as principais companhias aéreas e estamos felizes por abrir uma nova oportunidade de mercado”, disse Charlie Hillis, Diretor de Vendas e Marketing para a América do Norte da Embraer Aviação Comercial. “Hoje, anunciamos que esses 20 novos aviões serão os primeiros E-Jets operados pela SkyWest na malha aérea da American Airlines.” 
“Estamos satisfeitos em continuar avançando nossa posição no setor por meio deste pedido de novas aeronaves da Embraer”, disse Chip Childs, CEO e Presidente da SkyWest, Inc. “Somos gratos pela parceria de longa data com a Embraer e estamos ansiosos para operar esta excelente aeronave para nossos quatro principais parceiros.”
A parceria entre Embraer e SkyWest teve início em 1986, quando a SkyWest começou a operar o turboélice EMB 120 Brasilia. Com esse pedido adicional para o E175, a SkyWest já adquiriu mais de 180 aeronaves desse modelo desde 2013. 
A Embraer é líder mundial na fabricação de jatos comerciais até 150 assentos e conta com mais de 100 clientes em todo o mundo. Somente para o programa de E-Jets, a Embraer registrou mais de 1.800 pedidos e 1.500 aeronaves foram entregues. Atualmente, os E-Jets estão voando nas frotas de 80 clientes em 50 países. A versátil família de 70 a 150 assentos opera com companhias aéreas de baixo custo, bem como com operadoras regionais e tradicionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será submetido ao Administrador.