Pesquisar este portal

janeiro 30, 2020

Joint venture da Taurus Armas na Índia já está apta a participar de licitações do governo

As armas produzidas para o mercado civil terão a marca “Taurus”; as produzidas para o mercado militar terão a marca “Taurus Jindal”

 


*LRCA Consulting - 30/01/2020


A joint venture (JV) entre a Taurus Armas e Jindal Defense Systems (Jindal Group) foi oficialmente registrada no dia 23 de janeiro sob o nome de "Jindal Defense Trading Private Limited", uma empresa privada indiana com sede na cidade de Hisar, estado de Haryana, no mesmo endereço da Jindal Stainless Steel (Hisar) Limited OP Jindal Marg.

Hisar - a "Cidade do Aço"

Localizada a 164 Km de Nova Déli, possuindo 301.249 habitantes e conhecida como a 'Cidade do Aço' por ser o maior fabricante de ferro galvanizado da Índia, Hisar é o centro alternativo de crescimento para a capital indiana. 

O Grupo Jindal, liderado por Savitri Jindal - a 10ª mulher mais rica do mundo, está sediado na cidade. Ali está também a Jindal Stainless Steel, maior produtora mundial de tiras de aço inoxidável para lâminas de barbear e maior produtora da Índia de peças em branco para moedas.

Assessoria legal

Na Índia, a Taurus foi assessorada pelo escritório ALMT Legal, Bangalore, com a equipe sendo liderada por Rajat Bopaiah, juntamente com os associados Aman Singh Poras, Natasha Ponnappa e Ann Alexander. A assessoria brasileira foi prestada pelo consultor interno Neandro Lazaron e pelo escritório Nasser Sociedade de Advogados. 

O Grupo Jindal foi assessorado por sua equipe jurídica interna, liderada por Navneet Raghuvanshi.

Jindal Defense Trading Private Limited

Na joint venture, a Taurus possui 49% e o grupo indiano 51% do empreendimento. O aporte da empresa brasileira se realiza por meio da transferência de tecnologia (ToT), ou seja, não haverá dispêndio financeiro por parte da empresa brasileira.

A parceria resultará no estabelecimento de uma grande fábrica de armas na Índia, aproveitando a recente abertura do mercado de defesa desse país a iniciativas abrigadas no programa "Make in India", que contam com o total apoio e incentivo do governo indiano.

A nova empresa - que já tem dois diretores ativos, Chandra Prakash Agrawal e Nrender Garg - prevê que o início da produção aconteça a partir de setembro de 2020, fabricando, em fases, o portfólio da Taurus em armas portáteis: pistolas, revólveres, fuzis, submetralhadoras, carabinas e espingardas.

As armas produzidas para o mercado civil terão a marca “Taurus”; as produzidas para o mercado militar terão a marca “Taurus Jindal”.

Segundo a Taurus, além dos demais negócios possíveis nos mercados militar e civil, existe uma expectativa de o governo comprar meio milhão de fuzis em cinco anos.

Desde já, a Jindal Defense Trading Private Limited está apta a participar de processos licitatórios realizados pelo governo da Índia, oferecendo o completo mix de armas que a Taurus fabrica, a fim de abastecer o imenso mercado militar, policial e de segurança privada desse país enquanto não se inicia a produção local.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será submetido ao Administrador. Não serão publicados comentários ofensivos ou que visem desabonar a imagem das empresas (críticas destrutivas).

Postagem em destaque