Postagem em destaque

Taurus vence na Justiça mais uma ação que alegava problemas em seus armamentos

* LRCA Defense Consulting - 02/07/2020 Esta semana foi proferida sentença que julgou totalmente improcedente a ação civil pública proposta e...

junho 26, 2020

Estado de Illinois (EUA) informa aumento de 500% nos pedidos de licença para armas



 *Bearing Arms - 25/06/2020

A agitação civil e a crescente violência criminal em Chicago e em outras cidades de Illinois levaram dezenas de milhares de residentes do estado a se armarem em legítima defesa pela primeira vez.

A Polícia Estadual de Illinois relata que, nas duas primeiras semanas de junho, mais de 42.000 residentes solicitaram um cartão de identificação de proprietário de armas de fogo [cartão FOID]. Isso representa um aumento de 500% em relação ao mesmo período de 2019, e os proprietários de lojas de armas e instrutores de armas no estado dizem esperar que a demanda continue, pelo menos no futuro próximo.

Na Fox Valley Gun Range, em Elgin, Illinios, o proprietário Mark Galvin diz que passou de vender dez armas por dia no ano passado, para até 200 por dia nas últimas semanas. De acordo com o  Chicago Tribune, a inundação de novos proprietários de armas resultou em mais atrasos no sistema de verificação de antecedentes do estado.

A verificação de antecedentes obrigatória de 72 horas - exigida pelo estado antes de pegar uma arma - se estendeu por mais de uma semana para alguns de seus clientes. Na segunda-feira, ele ainda estava esperando cinco antecedentes que apresentou em 16 de junho, oito de 17 de junho e sete de quinta-feira.

O departamento de serviços de armas de fogo da Polícia Estadual de Illinois está levando uma média de 94 horas úteis - sem contar feriados e fins de semana, desde o dia em que a arma é comprada ou o dia em que a venda é aprovada ou negada - para processar as verificações de antecedentes, aproximadamente um dia a mais do que o habitual, de acordo com a porta-voz da polícia estadual Beth Hundsdorfer.

O departamento é responsável pela emissão de cartões de identificação do proprietário de armas de fogo e licenças de transporte velados, além de realizar verificações de antecedentes para comerciantes de armas licenciados quando uma venda é feita. Seu trabalho começou a ser retomado em março e disparou em junho, disse Hundsdorfer.

Embora as verificações de antecedentes das vendas de armas estejam atrasadas no momento, a espera por um cartão FOID  é ainda mais longa, com muitos possíveis proprietários de armas agora aguardando meses para serem aprovados antes que possam comprar legalmente uma arma de fogo.

Um homem de 38 anos, de Dixon - que não queria que seu nome fosse usado, citando motivos de emprego - se descreveu como "um democrata muito liberal" que há décadas é defensor "da maioria das formas de controle de armas politicamente". Mas desde março, está aguardando a chegada da sua primeira licença para manter a família em segurança, disse ele.

"Minhas opiniões mudaram recentemente, e eu aceitei que a Segunda Emenda possa prever a propriedade pessoal e o uso de uma arma de fogo", disse ele em um email. "A recente agitação social causada por um presidente divisivo, o aumento dramático e pandêmico do desemprego e a agitação social mais recente devido à maneira como policiamos neste país, foram todas as razões que motivaram minha solicitação recente".

Não posso deixar de me perguntar se esse auto-descrito "democrata muito liberal" mudou de idéia sobre o requisito do cartão FOID do estado, já que ele está esperando há meses pela licença do governo para proteger a si e à sua família.

O  Tribune  encontrou muitos outros residentes de Illinois que esperavam desde março para receber seus cartões FOID, embora o estado supostamente tenha aumentado o número de funcionários que lidam com a enxurrada de solicitações e também estendeu automaticamente os atuais cartões FOID e as licenças de transporte velado para um ano. Ainda assim, o sistema não pode atender à demanda no momento, deixando muitos supostos proprietários de armas a mexer o polegar quando poderiam estar exercitando seu direito de manter e portar armas.

Mesmo antes do atual aumento nas solicitações, a Associação de Rifle e Pistola do Estado de Illinois e a Second Foundation processaram o Estado por longos atrasos no processamento de cartões FOID, argumentando que a espera equivale a uma privação dos direitos dos solicitantes da Segunda Emenda. Com os atrasos atingindo proporções epidêmicas, esse argumento é ainda mais forte. Um direito atrasado é um direito negado e, no momento, existem dezenas de milhares de residentes de Illinois que desejam exercer seus direitos previstos na Segunda Emenda, mas estão sendo impedidos de fazê-lo graças à burocracia e às leis de controle de armas em Illinois.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será submetido ao Administrador.