Pesquisar este portal

junho 06, 2020

Guardas Civis Municipais armadas - a opção pela Taurus Armas

Guarda Civil Metropolitana de Pindamonhangaba-SP adquiriu 25 pistolas da Taurus

*LRCA Defense Consulting - 06/06/2020

Prefeituras de um crescente número de cidades em diferentes regiões do Brasil vêm investindo quantias consideráveis de recursos na criação de guardas civis especializadas, bem armadas e treinadas, a fim de poder oferecer a seus cidadãos uma maior segurança e fazer frente ao aumento da criminalidade.

Com as dificuldades financeiras enfrentadas pelos Estados e a consequente impossibilidade de um acréscimo significativo no efetivo das respectivas Polícias Militares, a solução encontrada pelos municípios com mais de 50.000 habitantes foi investir na criação, no aumento de efetivo, no armamento e no treinamento das Guardas Municipais.

Em diversas cidades brasileiras, o legislativo municipal já autorizou a criação de uma Guarda armada ou que a atual passasse a portar armamento leve para melhor cumprir sua missão de "polícia ostensiva".

Como exemplos, somente nos primeiros dias de junho foram divulgadas as seguintes aquisições:

- A Guarda Civil Municipal (GCM) de Porto Ferreira-SP comprou 17 pistolas semiautomáticas calibre 380 (modelo TH380) da empresa Taurus.

- A GCM (Guarda Civil Metropolitana) de Pindamonhangaba-SP adquiriu 25 pistolas da Taurus para implantar o policiamento armado.

- A Guarda Municipal da cidade de Castro-PR recebeu 21 pistolas Taurus calibre PT-380.

- A Guarda Civil Municipal de Mogi Guaçu adquiriu três novas Carabinas CTT-40 da Taurus.

- A Guarda Civil Municipal de Valinhos-SP está adquirindo quatro carabinas táticas Taurus CTT-40.

A opção pelas armas da Taurus
Embora tenham acesso ao arsenal internacional de pistolas, carabinas e submetralhadoras que hoje tem sua importação permitida, quase todas as cidades que possuem uma Guarda Municipal fazem a opção nacional pelo material da Taurus Armas, pois, desde 2017, esta empresa oferece armamentos que, pela qualidade e inovação que embutem, competem
em igualdade de condições com a grandes empresas do setor no mercado mundial, onde têm vencido diversas licitações internacionais e conquistado importantes prêmios de qualidade.

Embora a Lei 8666/93, que disciplina as Licitações e Contratos no âmbito da Administração Pública, favoreça a empresa nacional em casos de materiais similares, quando os representantes da municipalidade pesam os custos e benefícios entre o material importado e o nacional, um dos itens que mais avulta de importância é a logística pós-venda, haja vista que não adianta adquirir um produto se a empresa vendedora não puder oferecer suporte, manutenção e assistência técnica na região onde as armas estarão em serviço.

Diferentemente do que acontece com as empresas que apenas exportam para o Brasil, a Taurus investe pesadamente na qualificação dos armeiros das entidades de segurança pública e privada, bem como no treinamento técnico de sua equipe de representantes, que está capilarizada por todo o país, o que lhe permite resolver rápida e oportunamente os eventuais problemas que surjam.

Além disso, a empresa oferece ao consumidor uma ampla e ágil rede de distribuidores, pontos de venda e assistência técnica treinada em todo o território nacional, além de uma equipe de instrutores credenciados e peças de reposição rapidamente acessíveis.

Guardadas as devidas diferenças e proporções, adquirir armamento importado seria como se o município resolvesse dotar a Guarda Municipal de veículos estrangeiros de grande reputação mundial, preterindo os produzidos pelas maiores empresas automobilísticas nacionais. Na hora do conserto ou da substituição de peças, não haveria lojas, mecânicos ou oficinas especializadas na cidade ou nas redondezas, tendo a administração pública que recorrer a São Paulo ou a outro grande centro onde eventualmente estejam sediados tais recursos. Certamente, esta alternativa significaria um maior tempo para resolver os problemas e um custo mais elevado para a municipalidade.

Guarda Civil Municipal de Mogi Guaçu adquiriu 3 novas Carabinas Taurus CTT-40


Guarda Civil Municipal de Porto Ferreira-SP comprou 17 pistolas Taurus TH380


Guarda Municipal da cidade de Castro-PR recebeu 21 pistolas Taurus calibre PT-380

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será submetido ao Administrador. Não serão publicados comentários ofensivos ou que visem desabonar a imagem das empresas (críticas destrutivas).

Postagem em destaque