Pesquisar este portal

julho 24, 2020

No 2T20, WEG tem resultados positivos em cenário desafiador



*LRCA Defense Consulting - 25/07/2020

A WEG S.A mostrou mais um trimestre de resultados positivos, com expansão de receita, EBITDA e ROIC. A carteira de equipamentos de ciclo longo, em conjunto com a agilidade nos ajustes operacionais e o impacto positivo da variação cambial, mais do que compensaram até o momento as dificuldades impostas pela pandemia de COVID-19, que causou impactos negativos importantes em parte dos negócios.

Os efeitos da pandemia foram sentidos principalmente na demanda por equipamentos de ciclo curto, nas áreas de Motores Comerciais e Appliance, Tintas e Vernizes e também Motores Industriais, cuja retração de volumes foi similar no mercado brasileiro e no mercado externo.

A paralisação das operações de clientes e a incerteza na demanda desses produtos foram fatores determinantes para a queda na entrada de pedidos ao final do trimestre passado e início do 2T20, resultando em uma menor receita reportada em parte destas áreas de negócios.

Vale destacar a melhora gradual ao longo do trimestre na dinâmica da entrada de pedidos para os negócios de ciclo curto, denotando, aparentemente, que os piores meses de entrada de pedidos para esses negócios foram abril e maio.

Por outro lado, a resiliência dos negócios de ciclo longo, onde a empresa construiu uma importante carteira de pedidos no Brasil e no exterior, mostrou-se relevante neste momento. Estes equipamentos, ligados a projetos de longo prazo, não costumam ser afetados por volatilidades de curto prazo, dado o extenso processo de planejamento e decisão envolvidos em projetos que consomem estes tipos de produtos.

Apesar da melhora gradual na dinâmica dos negócios verificada ao longo do trimestre, a WEG afirma que ainda não pode afirmar que a crise foi superada. Incertezas com relação à recuperação econômica dos países onde atua e uma possível segunda onda de contágio global podem impactar os negócios nos próximos meses.

Não obstante, a empresa declarou que continuará tomando todas as medidas necessárias para proteção, prevenção e mitigação, visando preservar a integridade dos seus colaboradores e minimizar, tanto quanto possível, impactos em sua operações, como tem feito deste o início da pandemia.

 
Destaques
A Receita Operacional Líquida (ROL) foi de R$ 4.063,9 milhões no 2T20, 23,7% superior ao 2T19 e 9,4% superior ao 1T20;

O EBITDA(1) atingiu R$ 732,2 milhões, 36,3% superior ao 2T19 e 18,3% superior ao 1T20, enquanto a margem EBITDA de 18,0% foi 1,7 ponto percentual maior do que no 2T19 e 1,3 ponto percentual maior do que o trimestre anterior;

O Retorno Sobre o Capital Investido (ROIC(2)) atingiu 21,6% no 2T20, crescimento de 3,2 pontos percentuais em relação ao 2T19 e crescimento de 0,9 ponto percentual em relação ao 1T20.



Paulo Polezi, Diretor de Finanças e Relações com Investidores da WEG,
comenta os principais destaques da Divulgação de Resultados do 2T20.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será submetido ao Administrador. Não serão publicados comentários ofensivos ou que visem desabonar a imagem das empresas (críticas destrutivas).

Postagem em destaque