Pesquisar este portal

fevereiro 23, 2021

Pistola GX4 será um novo "divisor de águas" para a Taurus


*LRCA Defense Consulting - 22/02/2021

Em recente live no canal Papo de Atirador, o CEO Global da Taurus Armas, Salesio Nuhs, afirmou que a pistola GX4, próximo grande e revolucionário lançamento da marca, será "um divisor de águas" para a multinacional gaúcha. A arma microcompacta ocupará um novo, importante e ainda inexplorado nicho de mercado para a companhia.

Chamada de "cereja do bolo" da linha G, a GX4 não é uma continuidade dessa linha, mas sim uma complementação dela, com aperfeiçoamentos nos sistemas de gatilho e de mira.

Salesio explicou que a Taurus, embora seja a 4ª marca mais vendida e a 1ª mais importada nos Estados Unidos, além de ter na G2c a pistola mais vendida do mundo na categoria, ainda não estava presente no segmento das microcompactas - alvo da GX4, que representa cerca de 40% do mercado de pistolas nesse país.

A arma é realmente pequena e ideal para o porte velado, sendo um pouco menor e mais leve que suas concorrentes. Segundo o CEO, "um celular praticamente a cobre". Conforme informações anteriores, terá menos de 50 peças e será menor que a G2c.

Desenvolvida no calibre 9mm, sua capacidade é de 11 tiros (10 no carregador e um na câmara), podendo ainda usar um carregador extendido, aumentando assim a capacidade.

Salesio Nuhs foi enfático ao afirmar que "no Brasil e nos EUA ninguém baterá a GX4 em preço e qualidade", tal como já acontece com os modelos G2c, G3 e G3c nos EUA, e com o G2c no Brasil. Aliás, no Brasil, a GX4 irá estreiar esse importante nicho em grande estilo no binômio preço/qualidade, já que a opção importada mais comum (Springfield Hellcat) custa cerca de R$ 13.600,00, um valor muito alto para o consumidor médio brasileiro.

O CEO da Taurus finalizou afirmando que a GX4 "será uma tremenda de uma novidade que vai possibilitar à Taurus aumentar seu market share nos EUA".

Lançamento simultâneo nos EUA e no Brasil
A pistola microcompacta GX4 tem previsão de lançamento simultâneo nos Estados Unidos e no Brasil no próximo mês de abril, devendo ser precedido de uma grande campanha de marketing, tal como foi feito com a G3c.

A propósito, o lançamento da G3c nos EUA, em junho de 2020, foi comparado ao de um novo modelo de iPhone, tendo se esgotado em cerca de uma hora e apresentado longas filas nas calçadas.

Rumo ao número 1 do mundo em armamento leve
O lançamento da GX4 se insere na grande estratégia da Taurus para ser a nº 1 no mundo na produção de armas leves: entrar em segmentos que a empresa não explorava. Isso acontecerá também com os revólveres e com as armas táticas (fuzis, submetralhadoras e espingardas).

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será submetido ao Administrador. Não serão publicados comentários ofensivos ou que visem desabonar a imagem das empresas (críticas destrutivas).

Postagem em destaque