Pesquisar este portal

sábado, janeiro 22, 2022

Zest WEG é a principal fornecedora de motores e variadores de frequência para Kamoa-Kakula

Zest WEG é a principal fornecedora de motores e variadores de frequência para Kamoa-Kakula


*LRCA Defense Consulting - 22/01/2022

A Zest WEG está fornecendo uma extensa linha de motores e variadores de frequência (VSDs) para a segunda fase do projeto Kamoa-Kakula, um dos mais importantes novos empreendimentos de cobre do mundo, localizado no Cinturão de Cobre da África Central, na República Democrática do Congo (RDC).

A primeira fase produziu seu primeiro concentrado de cobre em 25 de maio de 2021 e deverá produzir 200.000 toneladas de concentrado de cobre anualmente. A Fase 2, já em fase avançada de construção, resultará na duplicação da capacidade de produção. Futuras expansões eventualmente verão uma taxa de mineração definida para processar 19 milhões de toneladas por ano.

Para a primeira fase do projeto, a Zest WEG também foi a principal fornecedora dos equipamentos elétricos. Segundo Joe Martins, especialista do setor de mineração da Zest WEG, o escopo de fornecimento da mina para a segunda fase é uma repetição da primeira. A primeira fase foi fornecida em 2020 com VSDs e motores de média tensão WEG para acionamento dos moinhos primários e secundários da mina na planta concentradora.

“Começamos a fabricar esses itens de longo prazo em 2019 e entregamos dois VSDs de média tensão e dois motores de 3,3 kV para o moinho de bolas primário de 7.000 kW da mina e seu moinho secundário de 7.000 kW”, diz Martins. “Nossos motores e VSDs de média tensão também foram selecionados para acionar os dois rolos de moagem de alta pressão (HPGRs) de 1.200 kW na planta.”

Os motores de alta tensão e as soluções de automação da WEG também acionam os ventiladores subterrâneos, fornecendo ar fresco para o funcionamento da mina.

Todos produtos de grande porte são projetados de acordo com as especificações, fabricados e testados nas instalações da WEG no Brasil. Devido às restrições de viagem impostas pelo Covid-19, a inspeção dos testes de fábrica foi realizada virtualmente, com processos especiais sendo desenvolvidos para permitir inspeção completa e comentários online. Os testes dos equipamentos para a fase dois – também realizados em ambiente virtual – foram concluídos no terceiro trimestre de 2021.

Significativamente, Kamoa-Kakula estará entre os menores emissores de gases de efeito estufa do mundo por volume de cobre produzido, e os motores de alto rendimento em conjunto com as soluções de automação da Zest WEG contribuirão para isso.

Os contratos da primeira fase incluíram mais de 700 motores WEG de baixa tensão de eficiência premium IE3, fornecidos a vários fabricantes de equipamentos originais (OEM) locais e internacionais e instalados em toda a planta concentradora. Esses motores acionam equipamentos como britadores, acionamentos de transportadores, células de flotação, espessadores, bombas de polpa, entre outros.

Onde os processos dentro da planta exigiam controle de velocidade variável, os VSDs de baixa tensão WEG foram selecionados para fornecer a velocidade e o controle necessários para este equipamento. Martins explica que, ao selecionar os VSDs em combinação com os motores de baixa tensão WEG, Kamoa-Kakula terá um período de garantia de 36 meses em ambos.

“Uma parte importante da estratégia de eficiência energética foi para a planta padronizar os nossos motores de eficiência premium IE3 – classificados de acordo com o padrão internacional IEC 60034-30”, diz ele. “Com uma classificação de eficiência energética líder na classe, isso significa emissões de carbono reduzidas e reduz significativamente os custos operacionais de consumo de energia.”

Adicionalmente, a Zest WEG está fornecendo ao Projeto Kamoa-Kakula uma nova subestação móvel de 20 MVA, 33kV/11kV, que atualmente está sendo fabricada na África do Sul. A subestação fornecerá tensão reduzida e pode ser movida para fornecer energia a diferentes áreas de acordo com a demanda do projeto.

“Suportando o desempenho de nossos equipamentos na mina estarão os altos níveis de serviço e suporte da Panaco, que é nosso Revendedor de Valor Agregado (VAR) na RDC”, diz Martins.

Sobre os VARs, Martins diz que os indicados pela Zest WEG para essa função são muito mais do que simples distribuidores. “A Panaco, como nosso VAR na RDC, é uma empresa 100% local, escolhida especificamente para promover e apoiar a ampla gama de ofertas da Zest WEG na região. Sua equipe inclui especialistas técnicos e as metodologias e cultura de operação da empresa estão intimamente alinhadas com as nossas, e ajudarão no suporte à nossa base instalada atual, rede de clientes e expectativas de crescimento na região.”


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será submetido ao Administrador. Não serão publicados comentários ofensivos ou que visem desabonar a imagem das empresas (críticas destrutivas).

Postagem em destaque