Pesquisar este portal

quinta-feira, setembro 02, 2021

Exército oficializa ABIMDE e IQA como Organismos de Certificação Designados para produtos controlados

 Pré-visualização da imagem

*LRCA Defense Consulting - 02/09/2021

A Presidente da APCE - Associação Brasileira de Produtos Controlados, Mônica Rios Helvadjian, informou ontem em uma mídia social que mais duas intituições foram oficializadas pela DFPC - Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados do Exército como OCD - Organismo Certificador Designado: a ABIMDE - Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Defesa, que há 36 anos representa o setor de defesa e segurança, para atender tanto o escopo da Portaria 189-EME como a da SENASP; e o IQA - Instituto de Qualidade Automotiva.

Segundo declarou anteriormente o diretor técnico da ABIMDE, Coronel Armando Lemos, a entidade se tornou oficialmente um Organismo de Certificação de Produtos (OCP), acreditando-se dessa forma a certificar Produtos Controlados pelo Exército (PCE). “A Base Industrial tem acesso agora a esse novo ambiente regulatório. Nós contamos com um corpo técnico qualificado para certificar um rol de produtos”.

O IQA – Instituto da Qualidade Automotiva é um organismo de certificação sem fins lucrativos especializado no setor automotivo, criado e dirigido por Anfavea, Sindipeças e outras entidades. Representante de organismos internacionais, o IQA é acreditado pela CGCRE – Coordenação Geral de Acreditação do INMETRO para certificação de produtos e serviços automotivos sob a identificação OCP 0009, para verificação de desempenho de produtos sob a identificação OVD 0017, para certificação de sistemas de gestão da Qualidade NBR ISO 9001 sob a identificação OCS 0013, para certificação de sistemas de gestão ambiental NBR ISO 14001 sob a identificação OCA 0023 e para ensaios de laboratório sob a identificação CRL 1093.

Além da pioneira LPS Company Ltda. (T&A Brasil), que atua junto à Taurus Armas, a DFPC já havia designado mais dois OCP para as funções de Organismo de Certificação Designado, nos termos da Portaria nº 189 - EME, de 18 de agosto de 2020: a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e CERTA QUALIDADE Ltda.

Com isso, todas as empresas que fabricam produtos controlados pelo Exército podem contar agora com mais esses cinco OCP que se somam ao Centro de Avaliações do Exército para irem destravando a burocracia regulatória que, até agora, impedia as empresas da Base Industrial de Defesa e Segurança de ter maior competitividade frente aos pares internacionais.

Pré-visualização da imagem

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será submetido ao Administrador. Não serão publicados comentários ofensivos ou que visem desabonar a imagem das empresas (críticas destrutivas).

Postagem em destaque