Pesquisar este portal

junho 07, 2023

IMBEL expõe suas capacidades e contribuições para o desenvolvimento nacional


*Noticiário do Exército - 06/06/2023

A Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel) realizou uma apresentação de suas características, capacidades e desafios durante visita do Secretário-Geral do Ministério da Defesa, Luiz Henrique Pochyly da Costa, na segunda-feira, 5. O encontro ocorreu na sede administrativa da Imbel no Quartel-General do Exército e foi conduzido pelo presidente da empresa, General de Divisão Veterano Ricardo Rodrigues Canhaci, e acompanhado pelo Chefe do Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército (DCT), General de Exército Achilles Furlan Neto.

Ao longo da visita, foram apresentados os portfólios, o plano de sustentabilidade e o plano de negócios da Imbel, assim como as contribuições da organização à nacionalização e à independência produtiva de Sistemas e Materiais de Emprego Militar. Também foram apresentados ao Secretário-Geral alguns dos materiais produzidos pela Indústria, tais como o fuzil de assalto 7.62 IA2, a  carabina 5.56 IA2, pistolas 9mm e .40, munições, explosivos e diversos equipamentos de comunicação.

De acordo com o presidente da Imbel, o objetivo da reunião foi mostrar as potencialidades da empresa. “Apresentamos nossas capacidades, mostrando que a Imbel gera poder de combate, que produz diversos materiais. Destacamos o valor estratégico da empresa, ressaltando a importância dela para fomentar a Base Industrial de Defesa, para a geração de empregos diretos e indiretos e para o desenvolvimento da indústria nacional”.

Já o Secretário-Geral do Ministério da Defesa ressaltou a importância da Indústria de Material Bélico para o Brasil. “A Imbel possui relevante papel estratégico para o país, dada sua participação na nacionalização e na obtenção de independência na produção de sistemas e materiais de emprego militar e de segurança. Por tal motivo, devem ser envidados esforços para a modernização de suas plantas industriais, a diversificação de seu portfólio de produtos e a expansão de sua base de clientes. Com isso, espera-se que a Imbel possa alcançar sua sustentabilidade financeira e, desse modo, continuar a contribuir para a defesa do país e para a segurança pública”.

Imbel
A Indústria de Material Bélico do Brasil é uma empresa pública dependente, com personalidade jurídica de direito privado, vinculada ao Ministério da Defesa por intermédio do Comando do Exército, com a missão de fabricar e comercializar produtos de defesa e segurança para clientes institucionais, especialmente Forças Armadas, forças policiais e clientes privados. Com sede em Brasília (DF), a instituição possui unidades de produção nas cidades de Piquete (SP), Rio de Janeiro (RJ), Magé (RJ), Juiz de Fora (MG) e Itajubá (MG).

Os principais produtos fabricados e comercializados pela Imbel são fuzis, pistolas e carabinas; munições de artilharia, de morteiros e de carros de combate; pólvora, explosivos e acessórios; equipamentos de comunicações e eletrônica; e sistemas de abrigos temporários de campanha, humanitários e de defesa civil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será submetido ao Administrador. Não serão publicados comentários ofensivos ou que visem desabonar a imagem das empresas (críticas destrutivas).

Postagem em destaque