Pesquisar este portal

28 dezembro, 2023

Radares da Embraer despertam o interesse da Arábia Saudita

Comitiva tendo ao fundo o radar SABER M200 Vigilante, desenvolvido pelo Centro Tecnológico do Exército Brasileiro (CTEx) e produzido pela Embraer Defesa & Segurança
 

*LRCA Defense Consulting - 28/12/2023

Representantes dos Ministérios da Defesa do Brasil e da Arábia Saudita reuniram-se, em Brasília, no dia 21 de dezembro, para tratar de cooperação entre as nações em temas de interesse da defesa. A visita dos sauditas ao País ocorreu entre 19 e 21 de dezembro, com atividades também em São Paulo e no Mato Grosso do Sul.

Em Campinas (SP), a comitiva conheceu as capacidades industriais e de engenharia em radares da Embraer Defesa & Segurança e participou de uma demonstração do Radar Saber M200 Vigilante, na área da 11ª Brigada de Infantaria Mecanizada do Exército Brasileiro. Os sauditas acompanharam, ainda, uma demonstração do Radar Sentir M20 no Comando Militar do Oeste, em Campo Grande (MS).

Além dos representanters dos Ministérios da Defesa dos dois países, participaram das atividades representantes do Exército Brasileiro, da Embraer e da empresa Saudi Arabian Military Industries (SAMI).

Embora a fase ainda seja de conhecimento de capacidades, uma eventual futura parceria entre as duas nações beneficiará o desenvolvimento de tecnologias de interesse da defesa, em especial na área de produção de radares, além de aquecer a economia com a geração de emprego e renda. 

Caso se confirme, será uma parceria muito valiosa para a indústria de defesa brasileira, pois envolve o desenvolvimento de sensores radar, tecnologia de alto valor agregado que tende a elevar o patamar tecnológico de ambos os países. As capacidades complementares em eletrônica avançada possibilitam a transferência de tecnologia entre o Brasil e a Arábia Saudita, permitindo aumentar a capacidade de produção brasileira e a penetração da Embraer no mercado internacional de radares, sobretudo com o advento da participação saudita nos projetos.

Radar M200 Vigilante
O radar M200 Vigilante é um sensor de médio alcance para vigilância aérea e aplicações de alerta precoce. Utilizando técnicas avançadas de processamento, é capaz de detectar e rastrear posições e trajetórias, bem como classificar alvos detectados. Possui sistema integrado de geração de energia que garante operação autônoma por até 48 horas e é de fácil transporte por plataformas terrestres e aéreas.

A Embraer e o Exército Brasileiro concluíram com sucesso o primeiro teste do radar M200 Vigilante, incluindo a implantação do equipamento na aeronave KC-390 da Força Aérea Brasileira (FAB). A operação do radar foi realizada no Aeroporto Júlio Belém, localizado em Parintins, durante os meses de junho e julho. A Prefeitura de Parintins, o Aeroporto Júlio Belém e o Aeroporto Internacional de Viracopos também apoiaram a iniciativa.

Radar M200 Vigilante, transportado pela primeira vez em um KC-390 da FAB

“O festival proporcionou a oportunidade de testar o desempenho do M200 Vigilante num ambiente difícil. A implantação conjunta da Embraer com o Exército demonstrou a versatilidade, flexibilidade, precisão e robustez do equipamento em sua primeira implantação. Estamos muito satisfeitos com os resultados, que representam um passo importante para o uso operacional efetivo e futuro em benefício das forças armadas no Brasil e no exterior”, afirmou Bosco da Costa Junior, Presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança.

Radar SENTIR M20
O radar SENTIR M20 é um sensor de vigilância de superfície com histórico de sucesso na vigilância da fronteira terrestre brasileira, como parte do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (SISFRON). Atualmente utilizado em emprego móvel, fixo e transportável, o radar M20 tem demonstrado excelentes resultados no aumento da eficiência operacional, gerando potencial para atender o mercado internacional, além da expectativa de incremento das unidades para compor a expansão do projeto SISFRON.

Radar SENTIR M20


Sobre a SAMI
Fundada em maio de 2017, a SAMI é uma subsidiária integral do Fundo de Investimento Público (PIF) do Reino da Arábia Sauditan que trabalha de acordo com as diretrizes descritas na Visão Saudita 2030. Com o objetivo de estar entre as 25 principais empresas das indústrias de defesa do mundo até 2030, espera-se que a SAMI desempenhe um papel fundamental na contribuição para a localização (gastos locais) de 50% dos gastos totais de defesa do governo do Reino.

A SAMI está combinando as tecnologias mais recentes e os melhores talentos nacionais para desenvolver produtos e serviços de defesa de acordo com os padrões internacionais em suas cinco divisões de negócios; SAMI Aeroespacial, SAMI Land, SAMI Sea, SAMI Defense Systems e SAMI Advanced Electronics. ‎Também se concentra em aumentar as exportações e trazer investimento estrangeiro para o setor das indústrias de defesa do Reino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será submetido ao Administrador. Não serão publicados comentários ofensivos ou que visem desabonar a imagem das empresas (críticas destrutivas).

Postagem em destaque