Pesquisar este portal

novembro 30, 2019

"O plano de Bolsonaro para reativar a indústria militar e exportar US$ 6 bi em armamentos por ano




*Gazeta do Povo - 28/11/2019

Oitavo maior exportador mundial de produtos de defesa nos anos 1980, o Brasil renegou a indústria militar nas últimas décadas e caiu para 60ª posição, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Defesa e Segurança (Abimde). Mas o governo Jair Bolsonaro quer retomar essa vocação bélica e recolocar o país entre os 10 maiores exportadores de armas e produtos militares, num mercado que movimenta cerca de US$ 1,5 trilhão.

Para isso, algumas iniciativas já foram tomadas. A expectativa é que a indústria militar brasileira esteja entre os 10 maiores exportadores globais já dentro de alguns anos.

Veja a íntegra da matéria, incluindo a entrevista de Marcos Degaut, secretário de Produtos de Defesa do Ministério da Defesa, neste link.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será submetido ao Administrador. Não serão publicados comentários ofensivos ou que visem desabonar a imagem das empresas (críticas destrutivas).

Postagem em destaque