Pesquisar este portal

dezembro 26, 2021

EUA: "Taurus GX4 é a micropistola mais precisa que a Shoot On já testou"

 "A GX4 é a micropistola mais precisa que a Shoot On já testou, e a GX4 TORO mantém o alto desempenho de sua versão standard". Arma será lançada no Brasil e nos EUA em Jan/22, também em versão com grafeno.


*LRCA Defense Consulting - 26/12/2021

A Taurus não para de inovar e segue trazendo novos modelos de armas ao mercado. Em seu pré-lançamento, a pistola microcompacta GX4 TORO (Taurus Optic Ready Option), versão que já vem preparada para receber miras ópticas, tornou-se um sucesso entre especialistas. Isso é o que mostra uma recente avaliação (review) publicada por Rob Reaser, editor-chefe da Shoot On, principal fonte de notícias dos Estados Unidos para consumidores do maior e mais exigente mercado de armas do mundo.

Rob Reaser é também autor e co-autor de vários livros sobre armas. Suas paixões no tiro e na caça abrangem desde o arco e flecha tradicional até as últimas novidades em pistolas, rifles e recarga de munições.

A avaliação ímpar e superior (outperform) do editor-chefe da Shoot On é de grande relevância, haja vista esta ser a principal publicação do setor de armamento leve nos EUA, servindo como balizadora para novas compras de armas nesse país.

De acordo com o site True Gun Value, a diferença de preço médio (2021) entre a GX4 standard e suas principais concorrentes varia entre $104 e $317, como pode ser visto na relação abaixo:

  • Sig P365x: $630
  • Springfield Hellcat: $602
  • Smith & Wesson M&P Shield Plus: $528
  • Glock 43X: $524
  • Ruger Max 9: $417
  • Taurus GX4: $313

Com isso, o lançamento no Brasil e nos Estados Unidos em janeiro de 2022, incluindo a revolucionária versão com grafeno, poderá transformar a GX4 TORO em um dos maiores sucessos de vendas da empresa, já que é uma arma premium, diferenciada, recomendada pela Shoot On e por outras conceituadas publicações, além de ter um preço substancialmente inferior às principais concorrentes.

Confira, abaixo, a avaliação completa ou clique aqui para ler em inglês:

---xxx---


*Shoot On - by Rob Reaser

Uma das grandes tendências da indústria de armas é o desenvolvimento de acessórios por empreendedores inovadores para atender às necessidades dos consumidores de armas de fogo. Eles fazem isso identificando essas necessidades e criando um produto que se adapta as mais variadas e específicas plataformas de armas.

Hoje, essa tendência vem acontecendo de uma forma reversa, pelo menos no que se refere a óptica eletrônica - especificamente, a de ponto vermelho (red dot). Nos últimos anos, houve um aumento no uso deste sistema de mira para pistolas de defesa pessoal. Muitos consumidores gostam desta opção por sua imagem precisa e fácil enquadramento, outros simplesmente seguem um padrão ao qual se acostumaram com seus AR-15, adicionando coisas porque podem.

Seja qual for a opinião sobre red dots ou eletro-óptica para porte diário (EDC) e pistolas de defesa pessoal, os fabricantes de ópticas pelo mundo entenderam a sugestão, desenvolvendo miras cada vez menores para comodidade dos usuários de porte velado que se sente mais confortável com um sistema de mira eletrônico do que com mira aberta convencional.

Não muito antigamente, colocar um red dot em uma pistola semiautomática significava adaptar ou trocar o ferrolho por um de maior custo para aceitar um red dot. Agora, os fabricantes de pistolas resolveram essa situação e estão fazendo armas para acomodar as miras já de fábrica.

A Taurus é uma das mais recentes fabricantes de armas a entrar neste nicho. Depois de lançar sua pistola G3 9mm em 2019, a empresa deu continuidade ao lançamento de seu modelo G3 TORO no início deste ano. A G3 TORO foi a primeira pistola Taurus a apresentar o sistema de montagem Taurus Optic Ready Option. Em seguida, veio a pistola G3c TORO, oferecendo um sistema de montagem óptica pronto de fábrica.

E, como muitos da mídia especializada presumiram que aconteceria, a Taurus agora segue, após a recém-lançada pistola GX4 microcompacta calibre 9mm, com a pistola GX4 TORO, fornecendo aos fãs de porte dissimulado um upgrade de fábrica.

Conseguimos colocar as mãos em uma versão de pré-lançamento da GX4 TORO e gostamos de atirar e portar nas últimas semanas. Mas antes de entrarmos nisso, vamos falar um pouco sobre o sistema TORO.

A GX4 TORO, assim como a G3 TORO e a G3c TORO, apresenta o mesmo dimensional do ferrolho de sua versão não TORO, a qual possui um corte de fábrica ao longo da parte superior do ferrolho entre a porta de ejeção e a mira traseira, que é dimensionada para permitir que as miras red dot mais populares se encaixem perfeitamente.


De fábrica, a pistola GX4 TORO vem com uma tampa no topo do ferrolho instalada, pronta para funcionar como está, sem mira ótica. Para instalar o red dot, basta simplesmente remover os dois parafusos que prendem a tampa do ferrolho e montar a mira ótica com os parafusos de montagem fornecidos.

A GX4 TORO aceita as seguintes miras óticas: Holosun HS407K, Holosun HS507K, Shield RMSc, Sightmark Mini Shot A-Spec M3, Hex Wasp GE5077-MIC-RET, Sig RomeoZero e Riton 3 Tactix MPRD2. Também funciona com o Trijicon RMR ou Red Dot.


Além do novo sistema de montagem ótica, a GX4 TORO é idêntica a GX4 lançada recentemente. Para uma arma de porte dissimulado, seu desempenho provou ser bastante impressionante e os testes com a nova GX4 TORO mostram que ela permanece no mesmo nível.

A óptica Holosun, com seu perfil baixo e encaixe de precisão, não dificulta em nada o manuseio da arma. A presença da mira não interfere no equilíbrio e ajuste cuidadosamente projetados da arma. Graças à ergonomia inteligente da armação e design do punho, a GX4 TORO com o red dot instalado oferece uma imagem de visão rápida, apresentando-se com nitidez e confiança para o alvo.

Isso é um grande negócio porque, ao contrário de muitos atiradores, não sou um devoto de red dot. Na verdade, levo um bom tempo para me tornar perito em obter uma imagem visual com uma determinada combinação arma/óptica. Para uma pistola microcompacta, porém, a GX4 oferece um ponto de mira natural quase incrível, tornando mais fácil trazer a mira para o alvo e a curva de adaptação é curta e agradável.


Tudo isso, mais as tolerâncias de precisão do ferrolho, cano e conjunto de estrutura híbrida de polímero/aço inoxidável integrados, tornam a GX4 a micropistola mais precisa que a Shoot On testou, e a GX4 TORO mantém o alto desempenho de sua versão standard.

Em termos de conforto no porte e conveniência, a mira ótica nem mesmo interferiu no coldre Crossbreed Micro Reckoning IWB adquirido pela publicação para a GX4. A pistola GX4 TORO se encaixa neste coldre tão bem quanto a GX4. A parte de trás até cobre o Holosun com meia polegada de sobra. Portanto, esta é uma combinação perfeita para portar a GX4 TORO, com ou sem óptica.


Enquanto atiradores com mãos maiores podem hesitar no manuseio de microcompactas, a plataforma GX4 oferece alternativas. A arma é construída com um sistema de placas de empunhadura modulares (backstrap) e vem com duas variações. O backstrap padrão é instalado na fábrica. Uma segunda placa, com uma protuberância da palma mais proeminente, está inclusa. Aqueles com mãos maiores podem facilmente trocá-las para oferecer um conforto para uma mão maior, se desejarem.

Outro sistema que expande a área de aderência é um carregador de 13 munições com uma extensão para o dedo mínimo. Adicione isso e terá uma microcompacta que se comporta quase como uma arma maior.

Não há dúvida de que as plataformas de porte dissimulado estão liderando o mercado de armas curtas atualmente. O que antes eram armas de "serviço secundárias" agora se popularizaram graças aos seus recursos robustos, ergonomia aprimorada, maior capacidade e acomodações para sistemas de mira avançados. Conte com a nova Taurus GX4 TORO entre os líderes da matilha.


Especificações da Taurus GX4 TORO
CALIBRE: 9mm Luger;
CAPACIDADE: 10, 11, 13;
CARREGADORES: 1×11 tiros e 1×13 tiros (carregador estendido) ou 2×10 tiros;
SISTEMA DE DISPARO: Striker;
CATEGORIA: Microcompacta;
EMPUNHADURA: Polímero;
FERROLHO: Liga de aço;
ACABAMENTO DO CANO: Revestimento DLC Preto Acetinado;
ACABAMENTO DO FERROLHO: Nitretação a gás;
COMPRIMENTO DO CANO: 3,06 polegadas;
COMPRIMENTO GERAL: 5,8 polegadas (com backstrap pequeno), 6,05 polegadas (com backstrap grande);
LARGURA GERAL: 1,08 polegadas;
ALTURA GERAL: 4,4 polegadas;
PESO: 18,7 onças (530 g);
TIPO DE AÇÃO: Apenas ação simples;
MIRA FRONTAL: Fixa em aço com ponto branco;
MIRA TRASEIRA: Serrilhada com ajuste lateral;
SEGURANÇA: Trava do percussor, trava de gatilho, indicador visual de munição na câmara;
RETÉM DO CARREGADOR: Reversível.

Um comentário:

Seu comentário será submetido ao Administrador. Não serão publicados comentários ofensivos ou que visem desabonar a imagem das empresas (críticas destrutivas).

Postagem em destaque