Pesquisar este portal

outubro 25, 2022

Forte equipe de atiradores esportivos é mais uma consequência do turnaround da Taurus

Após reestruturação, Taurus revela forte equipe de atiradores esportivos com pódio em todas as categorias do Campeonato Brasileiro e Open Internacional de IPSC Handgun 2022


*LRCA Defense Consulting - 25/10/2022

A completa reestruturação (turnaround) pela qual a Taurus passou nos últimos anos, comandada pelo CEO Global Salesio Nuhs, além de garantir à companhia sólido um desempenho nas áreas financeira, operacional e comercial, que a elevaram ao patamar de maior vendedora de armas leves do mundo, também proporcionou importante contribuição para o esporte do tiro, revelando uma equipe de atletas patrocinados extremamente forte e competitiva.

Os excelentes resultados em competições nacionais e internacionais comprovam isso. Os atiradores desportivos patrocinados pela Taurus conquistaram o pódio em todas as categorias na VI etapa e na etapa final do Campeonato Brasileiro e Open Internacional de IPSC Handgun, realizado de 20 a 23 de outubro, em Guaimbé (SP), na Associação Desportiva Água Limpa. O IPSC Hand Gun (Tiro Prático) é praticado com armas curtas, ou seja, pistolas e revólveres, em seis divisões: Open, Standard, Production, Classic, Light e Revólver.

Destaque, entre eles, para Paulo Roberto Coutinho, que foi o vice-campeão Brasileiro 2022 de Handgun, na divisão Production Optics Light, categoria Overall, e para o atleta Eurico Auler, que se consagrou campeão Brasileiro 2022 de Handgun, na divisão Production Optics Light, categoria Super Sênior.

Além das tradicionais disputas individuais e de equipes (por estado), a Confederação Brasileira de Tiro Prático (CBTP) realizou também, durante as etapas, o Campeonato Brasileiro de Equipes Empresas, no qual a equipe TAURUS CBC, composta pelos atletas Paulo Roberto Jacques Coutinho Filho, Eurico Jacy Kopp Auler, Luiz Newmar Gomes de Camargo e Domingos Salvio Parmagnani, foi vice-campeã na VI etapa e final do Campeonato Brasileiro.

Armas de alta tecnologia e completo suporte aos atletas fazem a diferença
Os resultados são fruto das profundas transformações na Taurus, com fortes investimentos em tecnologia, inovação e processos robustos de fabricação, que têm proporcionado agilidade nas pesquisas e desenvolvimento de produtos inovadores e de alta qualidade.

Parte dos atletas apresentaram excelente performance competindo com revólveres Taurus RT838 e pistolas Taurus nos modelos TS9 e 1911, reconhecidas nacionalmente e internacionalmente como armas que possuem inovação, confiabilidade, segurança, robustez e precisão.

Outro diferencial é o completo suporte dado aos atletas nos eventos de tiro esportivo. A Taurus oferece assistência técnica gratuita aos participantes clientes da marca nas etapas do Campeonato Brasileiro de IPSC Handgun. Além de serviços (revisão de armas, pequenos reparos, limpeza e reposição de peças comuns como percussor, pino, mola etc.), os participantes também podem contar no local com o auxílio de outros profissionais da Taurus, como: representante do setor de marketing e comercial, que fornecem mais informações sobre o portfólio completo da companhia, promovem a exposição de produtos e dão todo o suporte necessário aos atletas patrocinados.

Apoio ao esporte do tiro e incentivo às entidades
Há anos a Taurus investe fortemente em apoio ao esporte do tiro e incentiva entidades organizadoras, incluindo Confederações, Federações e Ligas, entre outras instituições, além de campeonatos nacionais e internacionais. Atualmente, mais de 40 atletas, de competidores consagrados a jovens talentos, representam as marcas Taurus e CBC em diversas modalidades e categorias do esporte do tiro.

A estratégia da empresa, como entusiasta do esporte, é intensificar o crescimento das diversas modalidades de tiro e contribuir para que os atletas se destaquem em competições pelo Brasil e pelo mundo, assim como incentivar o ingresso e formação de novos atiradores.

Todas essas ações asseguram aos atletas patrocinados um resultado diferenciado em competições nacionais e internacionais.

Resultados
Confira abaixo as conquistas dos atletas patrocinados pela Taurus e CBC na VI etapa e final do Campeonato Brasileiro e Open Internacional de IPSC Handgun 2022:

BRUNA MIRANDOLA
🏅1° lugar na VI Etapa, divisão Classic, Damas.

EURICO AULER
🏅1° lugar na VI Etapa, divisão Production Optics Light, Super Sênior.

PAULO ROBERTO COUTINHO
🏅Vice-Campeão Brasileiro 2022 de Handgun, divisão Production Optics Light, Overall.
🏅2° lugar na VI Etapa, divisão Production Optics Light, Overall.

DIEGO BREGOCHI
🏅 3° lugar no Campeonato Brasileiro IPSC Handgun 2022, Revólver, Overall.

JEFERSON MICHELS
🏅 4° lugar no Campeonato Brasileiro IPSC Handgun 2022, Revólver, Overall.
🏅 3° lugar na VI Etapa, Revólver, Overall.

LUÍS CESAR COSTA
🏅 4° lugar no Campeonato Brasileiro IPSC Handgun 2022, divisão Classic, Overall.
🏅 3° lugar no Campeonato Brasileiro IPSC Handgun 2022, divisão Classic, Sênior.
🏅 2° lugar na VI Etapa, divisão Classic, Sênior.

FRANCILENE LIMA
🏅3° lugar no Campeonato Brasileiro IPSC Handgun 2022, divisão Production, Damas.

MÁRIO NETO
🏅3° lugar no Campeonato Brasileiro IPSC Handgun 2022,  divisão Production, Júnior.

Tiro Prático
O Tiro Prático como esporte se originou no sul da Califórnia no anos 50. Inicialmente, as provas eram uma mistura de desafios que envolviam sacar a arma rapidamente, vencer ou contornar obstáculos de modo a poder visualizar os alvos. Em 1976 foi fundada a IPSC (International Practical Shooting Confederation) por representantes de nove países onde o esporte começava a se popularizar. O Coronel Americano Jeff Cooper (falecido em 2006), que é considerado como o “pai” do esporte, foi eleito como primeiro presidente da IPSC. Neste evento, conhecido como “Conferência de Columbia”, foi dado início à criação de um corpo administrativo e ao processo de padronização e divulgação das regras.

O IPSC é um esporte dinâmico e desafiador, que exige que o esportista execute suas habilidades de tiro com velocidade e precisão utilizando armas com potência ajustada ao regulamento. Além de o atleta ter que se movimentar muito, a distância e as configurações de cada pista são sempre diferentes.

As competições de IPSC são organizadas levando em consideração o mote da prática: “Diligentia, Vis, Celeritas” (DVC), que significa “Precisão, Potencia e Velocidade”. Nelas, o árbitro (Ranger Officer – RO), sinaliza o início da série e acompanha de perto o atirador, a fim de zelar pela segurança e pelo cumprimento das regras. A pontuação da pista é obtida dividindo-se o total de pontos obtidos pelo tempo gasto. Ganha a prova aquele que obtiver o maior número de pontos.

Hoje em dia, a International Practical Shooting Confederation (IPSC) organiza e regulamenta as provas de IPSC com a utilização de armas curtas (handgun), longas (shotgun) e rifles, que são promovidas em mais de noventa países, chamados de “Regiões”, da Argentina ao Zimbábue. Todos os anos os Diretores Regionais destas Regiões se reúnem para a Assembleia Geral da IPSC.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será submetido ao Administrador. Não serão publicados comentários ofensivos ou que visem desabonar a imagem das empresas (críticas destrutivas).

Postagem em destaque